Sempre acompanhei observando fascinada a minha mãe confeitar os bolos em meus aniversários e sobretudo nas festinhas de aniversário das minhas filhas... Minha mãe tinha em casa todo material necessário para arte da confeitaria, bicos, cortadores, boleadores. Eu não sabia muito bem sobre a utilidade de cada um daqueles objetos da caixa que ela guardava no armário da cozinha, mas tinha certeza que todas as vezes que ela pegava a caixa era para fazer bolo confeitado.
Minha mãe fez curso de confeitaria em 1958, guardo ainda seu diploma de conclusão e entre seus pertences estão os livros de Francisco e Elza Henriques Calçada, É Fácil Decorar , Ed. Calçado LTDA,6ª edição, São Paulo,1956 e o 2º volume de 1958.
Lembro-me de ter folheado por muitas vezes estes livros só para ver os bolos maravilhosos e sonhava com um que se chamava A Escada, cheguei a imagina-lo para a minha festa de 15 anos que não aconteceu, bom, mas essa é outra história.
No livro você encontra receitas de massas para modelagem entre elas a massa de fécula de batata que tanto minha mãe se referiu quando eu curiosamente ficava a observar pequeninas rosas que ela fazia à mão.
Muitas mulheres como a minha mãe, viveram apenas para cuidar da casa e dos filhos, ela em especial retomou o estudos aos 46 anos e formou-se em Magistério quatro anos após. A Arte Culinária naquele tempo era apenas um dos atributos quase obrigatórios a mulher.
“Esperamos que nossas leitoras tirem o máximo de proveito dêste livro, para que tenhamos a satisfação de saber conseguido o nosso anseio, isto é, concorrer de modo efetivo para o refinamento de uma das mais belas atividades da mulher no lar: A Arte Culinária.Pois é ela uma das que , insensível mas poderosamente aproxima cada vez mais, da mãe e mulher, dos seus entes queridos.”( Apresentação do 1º Vol.)
Não encontrei nenhuma referência sobre os autores ou tradutores dos livros citados acima, se alguém tiver maiores informações sobre eles, por favor me envie por e-mail.
Vou em breve colocar aqui as fotos de alguns bolos dos livros !

Tereza Cristina

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog